Teorias e Fotografias
Aqui não se passa nada, mas podem entrar e ficar à vontade.
28 de Abril de 2008

O que é que estas palavras têm em comum? Nada, mas acabam por estar ligadas como a seguir se descreve.

Esta semana era para estar de férias, na sequência de termos feitos 15 aninhos de casamento tinhamos decidido ir dar uma volta, tipo uma lua de mel renovada...

Por razões alheias à nossa vontade, não pudemos ir, e eu que já me estava a ver a fazer umas caminhadas pelas serras de Béjar, estou sentada no escritório, à frente do computador, depois de um dia cheio de trabalho e de contratempos, passando alternadamente de um estado Zen para um estado de fúria, tentando controlar-me mas ao mesmo tempo tendo vontade de explodir e anseiando para que chegue a hora de me ir embora para casa.

Aguardamos ansiosamente pelo final do mês que vem e pela próxima oportunidade de ir a Béjar. Agora, o melhor mesmo é tomar um chá de camomila, parece que o chá de florzinhas acalma mesmo.

publicado por Moira às 17:43 link do post
tags:
28 de Abril de 2008

No início era apenas um bloco de barro, as mãos do artista buscaram a forma num tactear nem sempre fácil, tudo tem que ficar perfeito, ele conhece-lhe agora todos os recantos, sabe de cor cada ínfima parte do seu corpo, entre eles ficou uma relação impossível de quebrar.

Ela ganhou firmeza e força, é fruto de um sonho mas é lutadora como o seu mestre, o seu esplendor brilha agora no bronze dourado.

Eis a Mulher-Árvore, bela e impossível de descrever com palavras.

 

Estátua em bronze, intitulada Mulher-Árvore

publicado por Moira às 00:24 link do post
pesquisar neste blog
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
26
subscrever feeds
blogs SAPO